Chamada de trabalhos – VII FAEL

(formulário de inscrição disponível em https://forms.gle/aRFSBmKZudh71ELx5)

Edital de chamada de textos e vídeos para as sessões técnicas do VII Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos

Este edital descreve as condições para inscrição de trabalhos no VII Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos (FAEL), realizado pela Rede Brasileira de Estudos Lúdicos (REBEL) e instituições parceiras.

Como associação sem fins lucrativos voltada ao conhecimento e à produção lúdica, a REBEL realiza o FAEL visando disseminar as boas práticas em criação e uso de jogos, humor. As sessões técnicas do FAEL são um espaço para inscrição gratuita de artigos e relatos sobre jogos, brinquedos, histórias em quadrinho, humor, educação lúdica e ludificação, entre outros temas de interesse dos estudos lúdicos. O trabalhos inscritos nas sessões técnicas do FAEL são automaticamente candidatos a publicação na Revista de Estudos Lúdicos (REVEL)

A seleção definitiva de trabalhos para publicação da REVEL, no entanto, fica a critério dos editores da revista. Os trabalhos aprovados para as sessões técnicas do VII FAEL serão apresentados virtualmente ao público em novembro de 2020. 

Trabalhos submetidos e aprovados para apresentação, mas por alguma razão não apresentados, não fazem jus a certificado de participação. 

1. ​ MODALIDADES DE INSCRIÇÃO

1.1. ​ Artigo completo

Trabalho que apresenta pesquisa madura, já finalizada, ou em estado avançado de desenvolvimento. Possui a participação de pelo menos um mestre ou doutor e está vinculado à pesquisa universitária por meio de projetos ou grupos de pesquisa. Deve ter um mínimo de sete (7) páginas e um máximo de dez (10) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução, Métodos, Resultados, Discussão e Referências.

1.2. Resumo expandido

Pequeno artigo que mostra uma contribuição significativa em uma pesquisa em andamento (ou mesmo finalizada, desde que possa ser relatada brevemente). Pode ser apresentada por pesquisadores em nível de graduação ou pós-graduação. Devem ter um mínimo de quatro (4) páginas e um máximo de seis (6) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução, Métodos, Resultados (esperados ou obtidos), Discussão e Referências.

1.3. ​ Relato de desenvolvimento

Artigo que comunica um ou mais aspectos da produção de jogos e afins, incluindo relatos de aplicação de técnicas de criação de regras, som, roteiro, desenho e animação. Deve ter um mínimo de quatro (4) páginas e um máximo de seis (6) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. Para auxílio na criação do relato de desenvolvimento, o autor pode consultar o “Guia para redação do relato de desenvolvimento”, em https://www.rebel.org.br/fael/guia-relato/

O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução (apresentação do jogo e seu alto conceito), Métodos (onde se apresentam o modelo de desenvolvimento e técnicas/instrumentos de desenvolvimento), Resultados (estágio atual do desenvolvimento e/ou seu objetivo pretendido), Considerações finais e Referências.

1.4. Formato dos trabalhos

  • O artigo deve ser enviado no formato “doc”, “docx” ou “odt”, tendo no máximo 10 MB.
  • Um artigo pode ter, no máximo, 5 autores. O corpo do artigo enviado deve conter o(s) nome(s) do(s) autor(es), os respectivos e-mails, e instituição.
       
  • A formatação     geral do artigo deve ser a seguinte: fonte Arial 12, espaçamento de     1,5 linha, margens superior e esquerda de 3cm e inferior e direita     de 2cm, com numeração progressiva de seções (1., 1.1., 2. etc.).
       
  • Os trabalhos serão submetidos exclusivamente pelo sistema de submissões do FAEL 7.
       
  • Todas as submissões devem ser originais, isto é, trabalhos inéditos, não-publicados, nem apresentados em quaisquer tipos de eventos.     Qualquer obra que tenha sido previamente publicada, ou está sendo apresentada simultaneamente em eventos ou revista, poderá ser rejeitada pela organização do FAEL.
       
  • O autor responsável pela submissão se certifica de que o artigo não incorre em nenhuma ilegalidade.

2. APRESENTAÇÃO EM VÍDEO

Em decorrência da Pandemia de COVID-19, inúmeros eventos, assim como o Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos, estão sendo adaptados para versão on-line, com a finalidade de evitar aglomerações e o contágio pela doença. Portanto, a apresentação oral do trabalho inscrito no FAEL será substituída, em 2020, por uma apresentação virtual.

Por padrão, a apresentação no FAEL fica completa com a submissão, além do artigo, de um vídeo sobre esse artigo. Os vídeos serão incluídos no acervo do VII FAEL a partir do processo de aprovação dos artigos. Serão disponibilizados no canal oficial da REBEL no Youtube e em canais oficiais do VII FAEL. Fica a critério da organização do FAEL a realização ou não de debates e sessões de perguntas e respostas para as sessões técnicas, ficando os autores convidados para as sessões síncronas sem compromisso. Serão considerados “apresentados” e portanto válidos para obtenção de certificado de participação no FAEL os trabalhos tanto aprovados pelos pareceristas quanto apresentado em forma de vídeo. Exceções para o formato de vídeo podem ser negociadas com a produção do evento, ficando a decisão final, caso a caso, por conta da organização geral do FAEL.

2.1. ​Características da apresentação em vídeo

  1. O vídeo pode ser entregue na fase de inscrição de artigos ou na fase de entrega da versão final do artigo, após parecer crítico. 
    • Inscrições de artigo não acompanhadas de vídeo não são consideradas “completas”, não sendo portanto elegíveis para sorteio na categoria “coruja madrugueira”.
    • Vídeos inscritos na primeira fase de inscrição poderão ser substituídos pór versões revisadas após parecer.
  2. O vídeo deve ter formato digital padrão (.MOV, .MPEG4, .MP4, .AVI) e  duração mínima de 10 minutos e máxima de 15 minutos.
  3. Os segundos iniciais do vídeo devem conter o texto “VII Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos”, o nome do artigo e autor(es).
  4. A técnica de gravação pode ser profissional ou amadora. O texto pode ser inserido por edição ou com cartaz feito à mão. A imagem pode ser o autor ou autora lendo partes do texto. Preferem-se vídeos com imagens do trabalho, como apresentação visual (“powerpoint”) com narração.
  5. O som deve ser alto e claro. Vídeos com áudio ininteligível serão desclassificados. 
  6. Para melhorar a inteligibilidade, o autor pode incluir legendas.
  7. Legenda embutida (closed caption) e tradução para LIBRAS não são necessárias, mas trabalhos com essas características terão preferência de divulgação.
  8. A organização recomenda evitar o uso de trilha sonora e ilustrações que não sejam de uso liberado (creative commons). Direitos autorais sobre uso de música e outros ativos intelectuais devem ser recolhidos pelos autores do vídeo, quando for o caso. 

3. INSCRIÇÕES

A submissão do artigo deverá ser feita por um dos autores, por meio do sistema de submissões do FAEL, por meio de uma ficha de submissão e de arquivos anexos (preferencialmente em nuvem), devendo conter:

  • Título do projeto
  • Autores 
  • Instituição    
  • Modalidade    
  • Resumo    
  • Arquivo de texto (enviar via site de compartilhamento)
  • Arquivo de vídeo, quando for o caso
  • Autorizações de cessão de imagem etc de todos os autores
  • Envio de fotos dos autores para divulgação em mídias diversas e redes sociais (opcional)

As submissões completas (com artigo e  vídeo) realizadas até 24 de agosto de 2020 serão incluídas na categoria “coruja madrugueira”  (early bird) e participarão de sorteio de brindes oferecidos pela REBEL e parceiros. Serão sorteados pelo menos três kits REBEL, com um vale-anuidade, uma camiseta e um brinde surpresa.
​ 

​4. ATRIBUIÇÕES E CRONOGRAMA

A comissão organizadora é responsável pela resolução de dúvidas e problemas referentes à inscrição de pessoas e trabalhos no FAEL. Em caso de necessidade de alteração de datas ou endereços, as alterações serão comunicadas ao inscrito pelo e-mail cadastrado. Questões referentes à categorização e aos pareceres sobre os trabalhos ficam a cargo da comissão científica. Questões referentes a logística e prazos são responsabilidade da comissão de trabalho. Os coordenadores-gerais são a instância última para dirimir dúvidas sobre a realização das sessões técnicas e do FAEL.

Datas-chave para sessões técnicas

29 de julhoAbertura de inscrições para sessões técnicas
24 de agostoúltimo dia para inscrição adiantada para sessões técnicas (categoria “coruja madrugueira”, concorrendo a brinde em sorteio) 
7 de setembroPrazo limite para envio dos artigos e entrega de vídeo para sessões técnicas
28 de setembroDevolução para os autores fazerem correções.
19 de outubroEntrega da versão final do artigo e do vídeo revisado, se for o caso
23 de novembro de 2020VII FAEL – Debates e demais eventos ao vivo

 São Paulo, 27 de julho de 2020.

Ernane Guimarães Neto

pela Comissão Organizadora Geral do VII FAEL